Para começar bem o ano!

Olá então essas festas, foram boas? Espero que sim, eu estou cheio de pica para mais um ano que a meu ver vai ter muito forrobodó. Vou iniciar este ano a falar dum assunto que já anda a fazer-me uma certa comichão no sufaco que é esta coisa do estatuto dos Açores, essa ilha paradisíaca em pleno oceano atlântico.

Esta questão dividiu os socialistas e outras gentes poderosas deste país, aquelas que têm o cu cheio de guito estão a ver? Isto basicamente é a discussão entre os que queriam uma guerra ao Presidente, Cavaco Silva, e os que preferiam o Estado unido com regionalização periférica.

Tenho para mim, que isto resolvia-se e bem, era à mesa entre o Cavaco e o Pauleta. Um bom queijo para cá e um belo bolo rei, cheio de fruta cristalizada, para lá. Assim sim, revolvia-se bem os assuntos deste país. Ah e claro, não esquecer o sempre velho e bom, Vinho do Porto para regar bem a situação e tal. Até para a semana.
P.S. As pérola para ver e ouvir, aqui e aqui!
22 Responses
  1. vício Says:

    se tu crias, espero que as criações sejam boas...


  2. Inês Brito Says:

    Eh pah, mas o Terra Nostra é que é o queijo dos Açores! Tá bem visto sim sr...

    Bj,
    (i)


  3. Diabólica Says:

    Bem visto, sim senhor!

    Afinal, a chave disto tudo está no Pauleta... quem diria??!!

    E as visitas à minha casa, que é feito delas????!!!!

    Aí, aí, aí, aí!

    Estou foribunda!

    Beijinhos.


  4. gil Says:

    Ora ai está o regresso mais do que esperado, bom ano e abraço.


  5. XS Says:

    A ver se o presidente mete o bedelho na Madeira...Por acaso!!!! O nosso director geral gosta é de bater em ceguinhos!


  6. Kok Says:

    Pois de facto não deixas de ter razão. "caliás" seria o retomar de um hábito que decorria nas tascas de Lisboa; também é verdade que não raramente acabava tudo "à trolha", mas isso até fazia parte...!
    Eu vou nessa!
    Akele abraço, pah!


  7. Norberto Says:

    A partir de agora o Cavaco só vai comer bolo-rei enquanto falar com o Sócrates, com um bocado de sorte saem uns pedaços disparados e acertam-lhe num olho, ou no outro...


  8. conchita Says:

    Um bom ano e não comento politiquices porque detesto!!
    E claro como não poderia deixar de ser Ano Novo, PORTO velho, claro!!
    Continuação de uma boa semana :)


  9. Ora lá está, é preciso meter o Pauleta a tentar resolver isto senão não vamos a lado nenhum :P

    Saudações Tasqueiras.


  10. M. Says:

    Gosto especialmente da foto que ilustra do texto! Apanharam o meu ângulo do Cavaco Silva!


  11. O segredo é dar a independência à Madeira e Açores e depois fazemos uma guerra com barquinhos... tipo batalha naval.

    AR


    www.antonioraminhos.blogspot.com


  12. eu mesma! Says:

    O cavaco tem toda a razão a lei é uma anormalidade!

    Acho que na foto um açoriano entrou pelo nariz do Cavaco acima...


  13. Diabólica,

    vou já começar a ronda :)


  14. CASE, tu és um visionário.

    "Cavaco e o Pauleta. Um bom queijo para cá e um belo bolo rei, cheio de fruta cristalizada, para lá"

    Estou contigo. Assim sim, as coisas eram resolvidas. Se ao menos tu pudesses ter voto na matéria para fazeres de tal encontro uma realidade com um fim real:/

    Kisses


  15. Anónimo Says:

    Muito bem visto, não haja dúvida ahahaha


  16. A mesa do orçamento já estão eles sentados há muito tempo!


  17. Eu diria para lhe darmos a independência, mas gosto demasiado daquelas ilhas. Não os podemos espancar e acabava-se o assunto?

    Abraço!


  18. Tá-se bem! Says:

    Eu aposto no queijo, de Ovelha meio curado, hummm e um tintol de boa colheita, pode ser porto (mas do verdadeiro) e Bolo só se for rainha...

    Abraço Bom Ano e Bom FDS! ;))


  19. Olá!! Says:

    Começas bem :))))
    Bom ano para ti :)
    Beijosssssssss



  20. Se os políticos não são flor-que-se-cheire em seu estado normal, imagine se encherem a cara de vinho! Não sei não, Casemiro! Esta não me parece a melhor solução.
    Gostei da volta das pérolas.
    Um abraço!


  21. epah des botoxizei-me todo a rir com isto, devias enfardar merda pois a que te sai do cu e de ouro !